Search

DRE: O Que é, Para que serve e Como fazer!

A área financeira contábil da sua fazenda faz corretamente a DRE (Demonstração do Resultado do Exercício)?

Saiba que esse relatório é importante para que possa entender se os processos da sua propriedade rural geram lucro ou prejuízo, levando em consideração um período específico.

Lembrando que a elaboração deste demonstrativo é obrigatório por lei. Quer saber mais para que serve o DRE e como realizá-lo da forma correta? Confira mais no nosso artigo!

DRE: o que significa?
Como explicamos logo no início do artigo, a sigla DRE quer dizer Demonstração do Resultado do Exercício, que analisa, de fato, se as operações em um determinado período geraram lucro ou se deram prejuízo para uma empresa.

O documento deve ser feito juntamente com o balanço patrimonial, sendo obrigatório para todos os tipos de empresas e todos os anos, menos o microempreendedor individual, que está dispensado dessa obrigatoriedade.

Lembrando que o DRE deve ser elaborado depois que a sua fazenda encerrar o ano-calendário, ou seja, entre janeiro e dezembro.

Qual a finalidade do DRE?
A elaboração do DRE é importantíssimo para a gestão da sua fazenda, pois esse relatório faz uma verdadeiro diagnóstico entre as despesas e receitas, possibilitando que o gestor entenda qual foi o resultado líquido obtido com todos os detalhes operacionais da empresa.

Com esses dados em mãos, você consegue tomar decisões muito mais assertivas e seguras, podendo diminuir os seus gastos e aumentar o faturamento da sua fazenda.

Sem contar que o Demonstração do Resultado do Exercício também é um documento acompanhado pelo governo para averiguação dos impostos calculados e se, de fato, tudo que foi declarado é o arrecadado pela empresa.

O documento também serve como atestado das condições financeiras da companhia na hora de obtenção de créditos.

Quais as empresas são obrigadas a fazer a DRE?
A elaboração da DRE é uma obrigação legal para empresas, como aquelas que possuem ações na Bolsa de Valores. Nesse caso, o documento deve ser elaborado a cada seis meses, publicado no diário oficial da companhia.

Outra empresa que deve apresentar o documento são as classificadas como Sociedades Limitadas (LTDA), porém, os dados não precisam ser publicados, mas é preciso ter o DRE impresso e encadernado para uma possível verificação do Fisco.

DRE e fluxo de caixa são a mesma coisa?
Uma dúvida muito comum é se DRE e fluxo de caixa são a mesma coisa. A verdade é que são processos diferentes e cada um possui suas peculiaridades.

Uma das principais diferenças é o uso de determinados indicadores. Enquanto o fluxo de caixa utiliza o regime de caixa como referência, a DRE é feito com base no regime de competência

Além disso, o fluxo de caixa permite uma visualização mais fácil em um período curto dos valores em caixa, sendo que a Demonstração do Resultado do Exercício tem uma visualização mais ampla da situação financeira de uma empresa, pois ela analisa entradas e saídas, mas também despesas e custos.

DRE e balanço patrimonial: qual a diferença?
Balanço patrimonial é um relatório que leva em consideração todos os ativos e passivos, basicamente uma análise precisa sobre a situação financeira da sua fazenda de forma completa, desde o primeiro dia de atividade.

Enquanto o balanço patrimonial reúne todas as contas patrimoniais, que incluem despesas futuras e todos os bens da sua fazenda, a Demonstração do Resultado do Exercício é um relatório que faz a análise apenas de um período específico, dando destaque para as despesas e vendas da sua propriedade rural.

Passo a passo de como fazer o DRE corretamente
Por ser um documento tão importante, o DRE deve ser feito de forma correta, evitando erros e até problemas fiscais. Lembre-se que a elaboração desses documentos deve ser feita por um contador credenciado ao CRC.

O primeiro passo é reunir as informações e detalhá-las na sequência padronizadas seguindo a legislação.

  • Receita bruta das vendas com deduções, impostos e demais abatimentos;
  • Receita líquida das vendas, incluindo dados de custos e o lucro bruto;
  • Despesas com as vendas, financeiras, administrativas e operacionais;
  • Lucro ou prejuízo das operações, receitas e despesas;
  • Resultado do período que antecede a declaração do IR e a provisão;
  • Valores referentes aos funcionários, debêntures, instituições, etc., que não são considerados despesas;
  • Lucro ou prejuízo líquido do período e valores por ação do capital social.

Como fazer uma análise correta da DRE?
Sabendo o que é, qual a finalidade e como fazer a Demonstração do Resultado do Exercício, a próxima etapa é a análise dos dados presentes no documento. Para isso, é possível fazer uma análise vertical e horizontal das informações.

Na verificação chamada de vertical, é possível ter uma visão mais detalhada sobre cada dado, no sentido de compreender o percentual de todas as despesas, receitas e custos, tendo como referência o faturamento bruto da sua fazenda.

Por outro lado, na análise feita de maneira horizontal, a proposta é definir uma receita, custos e despesas para compreender toda a evolução dos dados ou mesmo uma regressão ao longo dos meses.

Conclusão
Ficou mais claro agora o que é DRE, para que esse documento serve, como elaborá-lo da forma correta e as formas corretas de análise? Então, agora é só elaborá-lo com cuidado e levando em consideração todos os dados que devem ser listados no documento.

Se tiver dúvidas, não deixe de voltar aqui no nosso blog para relembrar o passo a passo procurando um sistema que contribui para a gestão da sua fazenda? Então, conheça a Econt Sistemas, que reúne soluções eficazes e essenciais para o Agronegócio.

O nosso sistema contribui para uma gestão eficiente, precisa, produtiva e automatizada que une a gestão financeira e o gerenciamento da sua lavoura, integrando rotinas financeiras à gestão agrícola.

Com o nosso sistema, você poderá emitir documentos eletrônicos, fazer gestão de contrato de grãos, pedidos de compras, controle de rentabilidade, gerenciamento do fluxo de caixa, colheita e produtividade, romaneio, planejamento de safra e muito mais.

Acesse o nosso site e entenda melhor como o nosso sistema pode te ajudar a fazer a gestão financeira e contábil da sua Fazenda.

Compartilhe esse artigo:

Comente o que achou:

Econt Agro

a melhor solução em software de gestão para sua Fazenda!
Categorias

Últimas notícias