Search

Como fazer o rateio de custos? Confira as melhores dicas

Sabemos que em uma fazenda há muitas atividades diferentes para gerenciar, não é mesmo? 

Com isso, nem sempre é fácil saber quais são aquelas que dão mais lucro ou prejuízo para a sua propriedade rural. 

Saiba que o rateio de custo é o processo mais adequado para te ajudar a compreender melhor quais são as atividades que merecem mais investimentos, aquelas que precisam ser repensadas ou otimizadas. 

Não sabe como fazer rateio de custos e qual a real importância dessa atividade para a sua fazenda? 

Vem com a gente, pois vamos te ajudar a entender o que é rateio de custos, principais métodos e como fazer. Confira!

O que é rateio de custos?

Em uma fazenda, por exemplo, é possível ter uma criação de animais e uma produção de grãos. Sendo assim, é preciso saber o custo associado para cada uma dessas operações. 

Portanto, o rateio de custos é um processo que faz a divisão de custos de forma proporcional para cada uma das atividades realizadas na sua propriedade.

Com isso, você consegue calcular a lucratividade de cada operação, avaliando, assim, o retorno que cada atividade proporciona para a sua fazenda. Lembre-se que se você desconhece os custos, dificilmente entenderá qual o lucro obtido a partir da sua operação. 

Vale lembrar que o rateio de custos auxilia em uma análise individual de cada operação, o que permite a identificação dos problemas e permite que tome decisões mais acertadas.

Quais os principais métodos de rateio de custos?

O processo de rateio de custos faz a divisão dos custos de cada operação. Nesse sentido, há três metodologias que você pode usar para realizar essa atividade. Listamos cada um logo abaixo:

Rateio por faturamento

Um dos métodos de rateio é por faturamento, sendo um dos processos mais fáceis de realizar.

Vamos pensar que a sua fazenda trabalha com dois tipos de produtos, sendo o A  e o B. Com isso, se o produto A, por exemplo, fatura o dobro do B, ele vai proporcionar o dobro de custos para viabilizar a sua operação. 

 

Rateio por absorção

Podemos usar ainda o rateio por absorção que, inclusive, também é um dos mais usados no setor do agronegócio, já que esse método faz a divisão de custos de forma igualitária pelos itens analisados. 

 

Rateio por atividade

Por fim, você pode usar também o rateio de custo por atividade, que é um método mais trabalhoso e abrangente. Nesse caso, é necessário fazer uma mensuração de um determinado custo para conseguir fazer a divisão depois.

 

Como fazer o rateio de custo?

Para fazer o rateio de custo, o primeiro passo é conhecer a sua atividade de forma profunda, pois isso será a base para fazer as divisões corretas de cada atividade, entendendo os custos de cada uma delas. 

Com informações sobre estoque, insumo, fluxo de caixa e contas em mão, chegou a hora de fazer o rateio. 

 

Conhecer os custos e tipos de rateio

Para que esse processo de análise seja feito de maneira correta, saiba que existem os custos diretos e indiretos. 

O direto é aquele imprescindível para uma operação, como insumos e mão de obra, por exemplo, que são inerentes àquela atividade. Por exemplo: um fertilizante não pode ser usado na alimentação dos animais.  Sendo assim, esse custo é direto para a sua lavoura. 

Porém, o trator é um custo que pode ser usado na alimentação dos animais e para as atividades da sua plantação. Nesse caso, esse custo é indireto, porque o trator é usado para várias atividades.


Segmente as atividades

Sabendo disso, você precisa tratar as atividades de maneira única e independente, exceto aquelas que possuem ligação direta. Por exemplo: produção de silagem para gado e de grãos para o mercado de alimentos. São atividades completamente distintas.

Sendo assim, cada custo entra em um rateio diferente. Não se esqueça!

 

Separe os custos

Entendendo o que são custos indiretos e diretos e como separar as atividades, fica mais fácil separar os custos. 

No caso de custos compartilhados entre várias atividades, como máquina e funcionários, por exemplo, faça o cálculo das horas de atividade do trator e da mão de obra para cada operação.

Divida os custos de forma proporcional, seguindo o exemplo abaixo:

De um total de 6 horas/dia, um funcionário dedica 4 horas para alimentar os animais, o restante, que são 2 horas, para a aplicação de fertilizantes na lavoura. Sendo assim, o profissional dedica 75% do seu tempo para a criação de animais e 25% para o plantio

Com isso, o custo que corresponde ao salário desse funcionário precisa ser dividido nessa proporção.

Suponhamos que ele tenha um salário de R$ 2.000, R$ 1.500, ou seja, 75% seriam rateados para as atividades de criação de rebanho e R$ 500 (25%) para as atividades de plantio de grãos.

Use o mesmo raciocínio para as atividades da sua fazenda. 

 

Conclusão

Agora que você já sabe como fazer o rateio de custo, é só começar esse processo agora mesmo. 

Mas se quer agilizar esse trabalho, conte com o auxílio do Econt Sistemas, um sistema que oferece soluções eficazes e essenciais para o Agronegócio, que faz esse cálculo de forma automatizada.

O nosso sistema possibilita uma gestão eficiente, precisa, produtiva e automatizada que une a gestão financeira e o gerenciamento da sua lavoura, integrando rotinas financeiras à gestão agrícola. 

Com o nosso software, sua fazenda conseguirá apurar todos os resultados usando os regimes de caixa e competência ora aprendidos simultaneamente.

Sem contar que é possível ainda emitir documentos eletrônicos, fazer gestão de contrato de grãos, pedidos de compras, controle de rentabilidade, gerenciamento do fluxo de caixa, colheita e produtividade, romaneio, planejamento de safra e muito mais.

Acesse o nosso site e entenda melhor como o nosso sistema pode te ajudar a fazer a gestão financeira e contábil da sua Fazenda

Compartilhe esse artigo:

Comente o que achou:

Econt Agro

a melhor solução em software de gestão para sua Fazenda!
Categorias

Últimas notícias