Blog

15/04/2021

Atividade Rural e Carnê-Leão

A pessoa física com receita bruta superior a R$ 142.798,50 na exploração da atividade rural ou que deseja compensar prejuízo(s) dessa atividade, de ano(s) anterior(es), no resultado positivo apurado em 2020 está obrigado a apresentar a Declaração de Ajuste Anual (DAA).

Para a compensação do prejuízo, o produtor rural precisa ter apresentado a declaração do ano anterior sem a opção pelo limite de 20% sobre a receita bruta; e, possuir o Livro Caixa com a escrituração dos registros das receitas e das despesas de custeio e investimentos, mesmo que esteja dispensado desta obrigação, por ter receita bruta anual até R$ 56.000,00. A falta dos itens, citados acima, implica na perda do direito à compensação.

Quanto ao Carnê-Leão, é destinado para as pessoas físicas que receberam rendimentos de outras pessoas físicas ou do exterior, cartorários, tabeliães, entre outros. O cálculo possibilita a apuração, devendo ser informado, mês a mês, os valores recebidos de pessoas física e jurídicas, as despesas vinculadas e demais informações.

Esses programas, Atividade Rural 2020 e Carnê-leão 2020, são auxiliares e possibilitam a exportação dos dados para a DAA em suas devidas fichas.

O IRPF 2021 disponibiliza informações para auxiliar no preenchimento e entrega da declaração.

 

Fonte: Site Editora Econet